> Poesias de Euro Oscar, página 14. Coletânea.

Poesias de Euro Oscar


Página 14


Yellow_scottish_fold

Tive a ideia de inserir imagens de gatos com livros, junto às minhas poesias. Todas as 14 páginas deste setor contém fotos da Wikimedia.

Existem em outros lugares da rede muitas fotos de poetas e de escritores com seus gatos e algumas até compartilhei em redes sociais, tempos atrás. Mas ainda não as relocalizei, e isso demandaria um certo tempo. Então, isso fica para depois. A prioridade é atualizar várias centenas de páginas e incluir outras tantas aqui no site. Envio cordiais saudações a todos (as) vocês e lhes agradeço muito pelas suas visitas.


Índice

Por uma Ciência sem Preconceitos – 1;
Por uma Ciência sem Preconceitos - 2.


Por uma Ciência sem Preconceitos – 1

O que existe é real. No entanto, é científico?
É verdadeiro!
Chute ao gol, com efeito. Gol!
Um gol lindo e único, de fato.
Para ser científico, repita-se, exatamente,
dezenas de vezes.
Ora, a velocidade, a direção, a força, o ponto da bola,
mudam...
Milhões de vezes uma atitude foi eficaz:
“não, não é científico.”

Luminares decidem: “charlatanismo!”
(Ó, Álgebra para crianças!)
Os seus critérios e valores são rasos
e carecem de perspectiva.
A Terra é azul, vista da Lua.
A peça sem a máquina? Abstração.
“Afastem Einstein!”
...Anos...”Ah, tem nexo!”
...Décadas...”Genial!”
Os gênios, as crianças, os artistas,
têm intuição, criatividade.

A vida, o amor, a alegria, são científicos?
Tudo deve ser medido?
Do cérebro não se usam nem 10%.
E medem isso com 10% de acerto.
Somos feitos de quatrilhões de átomos,
99% do átomo é vácuo.
A matéria é minoria no Universo.
E o vácuo é a chave para o teletransporte.
Via vácuo, um elétron muda de camada
ins-tan-ta-nea-men-te.

Cientistas, sintam, tanto quanto pensam.
Deem esse salto quântico.
Revisem os reveses;
e metade dos métodos e metas. Sem o metro.
1700 está no mausoléu, 1800 no museu,
2019 jaz em 2219.
Junto a vocês, nos laboratórios,
tenham crianças, cães, jardins.
Brote o amor no coração dos cientistas,
e no coração de quem os contrata.

Cópia permitida, citando-se o autor Euro Oscar e o site https://www.eurooscar.com.
Se na Internet, incluir o link.


Por uma Ciência sem Preconceitos - 2

Novo, novidade!
O que é desconhecido infunde temor; mormente
Nas instituições estabelecidas.
Mas o povo faz clamor, mordente
Das más instalações, diferentes das prometidas.
E vêm investidas.

Amanhecido o dia, pensam:
a novidade poderia curar o “dânger”.
Quem vai adaptar hospitais e ministérios?
Isso custaria milhões!
Todavia isso pouparia muito mais, é só calcular.
Afinal seria uma economia, uma ergonomia.

E quanto vale uma vida? Então, milhares delas?
O “mistério” é simples e sem efeito colateral,
mas melindra poderosos interesses.
Há vínculos, tentáculos,
em Faculdades, Clínicas e Hospitais,
finos cordões de aço, monetários.

Os responsáveis, bem-intencionados, talvez.
Inocentes-úteis? Sim, muitos deles.
E os que em degredo sabem o segredo?
São benfeitores, cooperam, vão às praças e trens.
Jesus dizia, as boas-novas devem ser espalhadas.
Um médico, na rádio, traz pesquisas ignoradas.
Isso é científico! Mas não se divulga!
Poucos médicos conhecem, talvez nem suponham.

Pasteur, antes de falecer, deu razão a Claude Bernard,
os germes não sobrevivem num bom terreno biológico,
Ou seja, num corpo saudável,
o próprio organismo mata os micróbios, sem dó.
E Bernard dizia que se um fato trai a teoria
oficial, vigente (talvez demente), repetidamente,
abandone-se tal teoria e se fique com o fato,
se for algo melhor. A teoria se ajeita e se ajusta.

Se Jesus voltar, com a sua túnica,
dirão que é um ator, um farsante.
E se vier de terno e gravata,
Jurarão que pode ser tudo menos Jesus.
Se foi provado e comprovado que fez prodígios,
e pode salvar gente do “dânger”, escutem-no!
Os boletins oficiais nada dirão! Mas será verdade.
Às vezes os melhores jogadores não vão à copa.
E a diferença que substitui a força
pela forca
é uma cedilha,
um mero pedaço de corda.

Cópia permitida, citando-se o autor Euro Oscar e o site https://www.eurooscar.com.
Se na Internet, incluir o link.


Anterior (13) | Índice


Fonte da Imagem

Wikimedia Commons:
Yellow_scottish_fold.
Editei a foto para ela ficar mais leve e a página ser carregada mais rapidamente.


Buscar no Site


Buscar na Web


Home