> Poesias de Euro Oscar, página 7. Coletânea.

Poesias de Euro Oscar


Página 7


Imagem: 640px-Cannelle

Tive a ideia de inserir imagens de gatos com livros, junto às minhas poesias. Todas as 14 páginas deste setor contém fotos da Wikimedia.

Existem em outros lugares da rede muitas fotos de poetas e de escritores com seus gatos e algumas até compartilhei em redes sociais, tempos atrás. Mas ainda não as relocalizei, e isso demandaria um certo tempo. Então, isso fica para depois. A prioridade é atualizar várias centenas de páginas e incluir outras tantas aqui no site. Envio cordiais saudações a todos (as) vocês e lhes agradeço muito pelas suas visitas.

Índice

Eis a Vida! Despertemos!;
Avenidas da Feli-Cidade;
Nossos Irmãos Mais Velhos.


Eis a Vida! Despertemos!
(Acróstico)

Estar num teatro, de costas para o palco,
Usar sapatos ao passear sobre os gramados,
Representar na vida falso papel; aparências!
O ser amado ter bem ao lado, e se enfastiar!
Ofender a alegria, sufocá-la na rotina.
Sair à praia de sol, para ler e ouvir rádio.
Chegar de carro e não dar boa-noite ao jardim.
Absurdo e paradoxo, fazer-se surdo e cego,
Resistir à maré. Vivamos a vida, despertemos!

Cópia permitida, citando-se o autor Euro Oscar e o site https://www.eurooscar.com.
Se na Internet, incluir o link.


Avenidas da Feli-Cidade

Emancipa-te das ruelas da humana mesquinhez,
universaliza tuas pegadas, dá passos solidários.
Renasce, a cada alvorecer, além da noite que passou.
Os dias são crianças, vai, brinca, a hora é brinquedo!
O trabalho também é distração. Lembra-te, aproveita!
Seguirás, então, pelas avenidas da luz, na feli-cidade.
Cada pessoa, em cada canto, é um espelho de ti.
A vida é tua mestra e progrides no rumo a ti mesmo.
Rodovia certa; tudo e todos. Cresceste na consciência.

Cópia permitida, citando-se o autor Euro Oscar e o site https://www.eurooscar.com.
Se na Internet, incluir o link.


Nossos Irmãos Mais Velhos

O trem a vapor, pelo tempo se evaporou.
carruagens, lamparinas; tempos românticos;
são imagens londrinas...e os transatlânticos?

A guerra, as injustiças, isso nunca parou.
Quando não mais crianças órfãs nem famintas,
e todos, todos, usufruírem o que a TV anuncia,
quando essa TV educar, com ética, moral e cultura,
e a fama de honesto for a maior meta e ambição,
quando ser filantropo e mecenas seja o poder,
será tempo de liberdade, igualdade e fraternidade.

Nos olhos de todos se sentirá, em telepatia,
que ruiu o castelo de areia das injustiças.
Real evolução, alicerce bem fundado, terreno sólido.
Só aí, oficialmente, virão os irmãos da Confederação.
Por ora, secretamente, vão aos bastidores, em missão.
Prepara-se o povo, lentamente, sem conturbação.

Cópia permitida, citando-se o autor Euro Oscar e o site https://www.eurooscar.com.
Se na Internet, incluir o link.


Próxima (8) | Índice | Anterior (6)


Fonte da Imagem

Wikimedia Commons:
640px-Cannelle
Editei a foto para ela ficar mais leve e a página ser carregada mais rapidamente.


Buscar no Site


Buscar na Web


Home