Xamanismo - 23


Viagem Interior Xamânica


Matilha de Lobos Brancos


Algo em você está chamando
uma matilha de lobos brancos,
um profundo sentimento
de amizade em você
chama uma matilha de lobos brancos.
Eles chegam, silenciosos,
observadores, curiosos, amigos.
Cheiram a qualidade do ar,
as emoções flutuando no ar,
os sentimentos,
esse perfume sutil e encantador
de amizade no ar.
Talvez eles despertam em você
um desejo de cantar,
cantar uma canção de poder.
Ou talvez você começa a rir
de prazer.
Pode sentir a energia
que irradia deles,
como eles podem sentir a energia
que irradia de você,
o que você é. O que eles são,
o que você é.
Como se veste uma roupa,
você veste a matilha toda.
De repente, você é vários,
você é muitos, você é todos eles,
olhando de vários pontos de vista,
e sentindo um imenso desejo
de correr, correr pelo prazer.
Esse prazer livre, selvagem.
E você, todos eles, você,
estão correndo
pelas trilhas abertas,
deliciando-se
nesse maravilhoso contato
com a natureza.
Em harmonia total com a mata.
Em integração com a mata,
as plantas,
os pequenos animais, a brisa,
esse barulhinho de água correndo
com você-vocês.
Os cheiros diferentes
dos diferentes lugares.
Os avisos que deslizam no ar.
Esse prazer de caçar.
Esse prazer livre, selvagem.
E com seus olhos de lobos,
você olha sua vida cotidiana,
suas amizades, seu trabalho,
esse instinto caçador
no seu trabalho,
seus amores, seu encanto.
E você sente o que você-vocês
estão revelando a você,
ao você humano.
O que o você humano esqueceu,
e você está lembrando,
recuperando o poder perdido.


Próxima (24) | Índice | Anterior (22)


Fonte do Texto

O site www.dassigny.com.br autorizou a reprodução dos seus textos. Infelizmente esse site não existe mais, desde 2015, pelo menos. Adaptei o título e o subtítulo principal nas páginas deste setor do sítio.


Buscar no Site


Buscar na Web


Home