Discursos de Sai Baba

Para Triunfar, Contemplem em Deus, o Verdadeiro Herói

Data: 25/12/2008 – Ocasião: Natal – Local: Prasanti Nilayam

A Índia é a pátria de muitas almas nobres que conquistaram
Renome e fama em todos os continentes do mundo.
Esta é a pátria das pessoas corajosas que venceram
Os governantes estrangeiros no campo de batalha e alcançaram a independência.
Este é o país que se distingue na música, na literatura e outras formas de arte.
Tendo nascido nesta grande nação de Bharat, ó jovens,
É seu sagrado dever proteger a sua rica herança cultural.
(Poema em télugo)


Encarnações do Amor Divino!

O que se pode dizer sobre Jesus Cristo que ainda não tenha sido dito! Hoje é Natal, o dia sagrado no qual Jesus Cristo nasceu há cerca de dois mil anos. Todos vocês sabem disso.

Tudo o que vemos, ouvimos e fazemos parecem imagens de sonho, que logo desaparecerão. Elas são, naturalmente, verdadeiras enquanto vocês dormem. No momento em que acordam ou ingressam em sono profundo, elas realmente desaparecem. Da mesma forma, tudo que vocês veem, ouvem e fazem no mundo objetivo, também é como um cenário de sonho. São irreais e sujeitos a contínuas mudanças. O Atma Tathwa (Princípio Átmico) é a única entidade permanente nos três períodos de tempo, ou seja, no passado, no presente e no futuro, tal como os estados de vigília, sonho e sono profundo. Esse Atma Tathwa é o amor. Na verdade, o amor nasce somente do Atma. Se cultivarem apenas o amor, o mundo inteiro estará sob o seu controle.

Não prejudiquem a ninguém. “Ferir jamais, amar sempre”. Vocês devem lembrar-se constantemente do amor, que é a verdade eterna. Vocês não são apenas uma pessoa, vocês são três: (1) aquela que vocês pensam ser, (2) a que os outros pensam que vocês são, e (3) aquela que vocês realmente são. Essa é a sua verdadeira natureza. Vocês dizem “Este é o meu corpo, esta é a minha mente, este é o meu intelecto, esta é minha chitta (mente, memória)” etc. Mas quem é esse “meu”? Infelizmente, hoje em dia, ninguém se faz essa pergunta. Quando vocês dizem, “meu corpo”, estão separados do seu corpo. Dizem, “Esta é a minha casa”. Mas quem são vocês? Vocês mesmos terão de encontrar a resposta para essa pergunta.

Quanto tempo vai durar essa casa, que dizem ser sua? Ela certamente se deteriorará, cedo ou tarde. Todos esses objetos mundanos estão sujeitos às mudanças e destruição.

Há somente uma entidade que é imutável, que é Brahma Tathwa (Princípio de Brahma). Isso é amor. Se, apenas, o conseguirem tudo o mais ficará sob o seu controle.

Atualmente, para onde quer que se olhe, há somente desejos, desejos e mais desejos. É preciso colocar um limite nesses desejos. Só então as suas mentes se tornarão estáveis. Vocês dizem: “Eu quero isso, eu quero aquilo” etc. Assim, desenvolvem muitos desejos. Mas, eles são como nuvens que passam. Por que multiplicar os seus desejos como as nuvens passageiras? Definitivamente, nada os acompanhará quando abandonarem esse corpo mortal.

Grandes reis e imperadores governaram este mundo. Conquistaram vários países e acumularam riquezas ilimitadas. Até mesmo Alexandre, o Grande, que conquistou várias partes do mundo, não pôde levar consigo sequer uma mínima parte das riquezas que acumulou. Ele teve de deixar este mundo de mãos vazias. Para demonstrar essa verdade, ele instruiu os seus ministros para conduzirem o seu corpo morto em procissão pelas ruas da Capital, mantendo ambas as mãos apontadas para o céu. Quando os ministros ficaram curiosos para saber o motivo desse estranho pedido, ele respondeu, “Eu conquistei vários países e acumulei muitas riquezas. Há um grande exército sob meu controle. Entretanto, ninguém me acompanhará quando eu deixar este corpo. Eu irei de mãos vazias. Isso deverá ser mostrado a todas as pessoas”.


Encarnações do Amor Divino!

As pessoas devem, naturalmente, ter alguns confortos para este corpo físico e realizar alguns desejos que são necessários em sua vida diária. Mas, infelizmente, esses desejos estão ficando insaciáveis. Vocês poderão viver por alguns anos ou por uma centena de anos neste mundo físico. Mais dia, menos dia, o corpo tem que ser descartado. Portanto, não cultivem desejos ilimitados.

Algumas pessoas desejam intensamente ter uma visão de Deus. Onde está Deus? Todos vocês são encarnações da Divindade. Deus não está à parte. Os homens são mais valiosos do que todas as riquezas do mundo. Deus está na forma humana.

Percebemos três tipos de seres no mundo: os animais domésticos, os animais selvagens e os seres humanos. Precisamos analisar, por nós mesmos, se pertencemos à categoria dos animais ou dos seres humanos. Se consideram a si mesmos como seres humanos, então devem cultivar os valores humanos, levar uma vida humana e desenvolver pensamentos humanos.

Em primeiro lugar, a Verdade é um valor humano. A Verdade não sofre qualquer alteração em todos os três períodos de tempo — passado, presente e futuro. A verdade é sempre a Verdade. Vocês devem desenvolver fé nessa Verdade. Tudo mais está sujeito a mudanças. Vocês dizem “Hoje, estou em paz”. E amanhã? Nada de paz! Tudo é “pás, pás1 ”! Portanto, este estado de paz também está sujeito a mudanças!

“O amor é Deus; vivam em amor”. Em verdade, toda a sua vida é alimentada e criada pelo amor. Quando a verdade e o amor andam juntos, o resultado é a não-violência. Onde há amor as pessoas não brigam entre si e não se zangam com ninguém. Quando desenvolvem o amor, consideram todas as pessoas como seus irmãos. Suponhamos que vocês encontrem alguém e digam, “Olá irmão”, até os seus inimigos lhes responderão dizendo, “Olá, irmão”.

Yad bhavam tad bhavati (Assim como é o sentimento, assim é o resultado). Portanto, deverão desenvolver sentimentos nobres. O bem e o mal surgem unicamente dos seus pensamentos. Se algo de mal acontece, não é devido a algo que os outros lhes fizeram. Nem Deus tem um papel a desempenhar nisso. Vocês fazem mal a si mesmos! Foram os seus pensamentos que lhes causaram danos!

Suponhamos que vocês estão felizes ─ nem mesmo isso se deve a Deus. Isso também é devido aos seus próprios pensamentos. Portanto, vocês devem, antes de tudo, purificar os seus pensamentos. Quando desenvolverem pensamentos puros, suas vidas serão felizes e tranquilas. Onde houver pureza, ali estará a Divindade. Infelizmente, hoje em dia, em nome da religião, a Divindade está sendo fragmentada e diferenciada. Quando unidade, pureza e Divindade andarem juntas, a vida será feliz.

Deus não é responsável nem por seus bons pensamentos, nem por seus maus pensamentos. Só vocês são responsáveis por ambos. Se tiverem maus pensamentos, é devido à sua própria criação. Tudo é criado por vocês. O mesmo se aplica aos bons pensamentos.

Vejam! Como são belas as luzes neste salão! Quem as fez? Somente os seres humanos. Portanto, não pode haver Divindade sem humanidade. A humanidade deve ser santificada. Os seres humanos devem cultivar valores humanos. Somente então alcançarão a Divindade.

Os sentidos nos criam muita inconstância. Eles nos conduzem a caminhos errados, de diversas maneiras. Contudo, quando a nossa mente é pura, eles nos conduzem a um caminho nobre. Portanto, mantenham a sua mente sempre fresca e pura. Não a permitam vacilar, levando-nos para cima e para baixo.

Foi dito: “Manomoolam idam jagath” (Todo o mundo é permeado pela mente). Não pensem que Deus está separado de vocês. Vocês estão confusos porque se consideram separados de Deus. Vocês não só estão confusos, mas a sua funcionalidade também está comprometida, o que significa que estão mergulhados nas trevas. A sua fé em Deus deve ser firme e inabalável.

Atualmente, o mundo enfrenta muita inquietação. As pessoas estão se dedicando a atividades criminosas. Então qual é o papel de vocês na presente situação? Vocês não precisam fazer qualquer outra coisa. Basta fazer namasmarana (contemplação e repetição do nome de Deus) incessantemente. Contemplem sobre o seu próprio Ser interno. Não é preciso usar qualquer tipo de bombas ou armas. Permaneçam calmos e imperturbáveis em todos os momentos. Seja o que for que aconteça, mantenham a certeza de que tudo é só para o seu próprio bem. Por outro lado, se vocês ficam remoendo constantemente que fulano fez isso, que sicrano fez aquilo, desenvolverão apenas ódio contra os outros. Em vez disso, contemplem constantemente em Deus, com a mente calma e firme. Nunca percam a coragem e a força. Se mantiverem a coragem e a força, as preocupações mundanas não poderão perturbá-los de forma alguma nem causarlhes medo e ansiedade.

O corpo físico é suscetível ao nascimento e à morte. É a sua natureza.

O Atma é eterno, sem nascimento nem morte.
Não tem começo, meio ou fim.
É a onipresente e eterna testemunha.
(Poema em télugo)


Hoje em dia, toleramos pensamentos negativos relativos ao corpo. Nunca nutram pensamentos negativos. O corpo físico é como uma bolha de água. A mente é como um macaco louco. O corpo está fadado a perecer mais cedo ou mais tarde. Portanto, não confiem no corpo físico. Não acreditem em sua mente.

Naturalmente, vocês devem ter cuidados adequados com o seu corpo, durante toda a vida, uma vez que é ele que lhes permite levar as suas vidas. Mais tarde, ele decai por si mesmo. Ninguém vive neste mundo permanentemente. Há somente uma entidade permanente neste mundo: o Atma.

As pessoas dizem, “a mim mesmo, a mim mesma” e “eu, eu”. Estas simples letras – “e” e “u” são o verdadeiro Atma “Ser interno”. A pessoa com a mente fragmentada é confusa e ignorante. “Um homem com a mente fragmentada é meio cego”. Portanto, desenvolvam fé e devoção com a mente focada. Uma vez desenvolvida fé em alguma coisa, ela deverá durar até a sua morte.

Infelizmente, as pessoas mudam a sua fé de vez em quando. Se estão em dificuldades, reagem de certa forma. Se atravessam tempos mais amenos, o seu comportamento será completamente diferente. Isso não deveria acontecer. Amor, amor, amor – essa é a única qualidade imutável. É esse amor imutável que deve ser cultivado.

Seja o que for que aconteça, é pela vontade de Deus. Vocês pensam que são os agentes, como resultado do seu ego. Vocês não são os agentes. Onde vocês estão? Em realidade, não estão aqui. É o seu Ser interno, a sua voz interior que, de fato, responde às situações. Portanto, “você” significa o seu Atma. (Ser Interno).

A fé no Ser Interior é a base para tudo neste mundo. Jesus foi pregado na cruz. A Virgem Maria, não podendo suportar aquela cena, chorava inconsolável. Jesus então comentou, “Por que você chora? Isto é natural. O que tiver de acontecer acontecerá. Portanto, não chore”.

Jesus ajudou os pescadores de muitas formas. Ele lhes deu pão. Certa vez, os pescadores não conseguiram pescar sequer um peixe. Jesus então chamou Pedro e lhe disse: “Pedro, traga a rede de pescar e me siga”. Ele orientou o pescador a atirar a rede em determinado lugar. Foram apanhados tantos peixes que nem todos os pescadores conseguiram puxar a rede até a margem. Assim, Deus pode fazer qualquer coisa por Sua Divina vontade.

Tudo é unicamente uma dádiva de Deus. É preciso compreender esse fato e desenvolver a consequente fé. Se estiverem desfrutando de bons tempos, isso é dádiva de Deus. Por outro lado, se estiverem passando por dificuldades, isso também é dádiva de Deus. Vocês devem desenvolver uma fé estável. Se estiverem sofrendo de malária, lhes serão dadas pílulas amargas. Isso também é para o seu bem.

O bem e o mal coexistem. Ninguém pode separá-los.
Não se pode encontrar o bem ou o mal com a exclusão de um ou de outro.
(Poema em télugo)


O mal não está à parte, em algum lugar distante. O bem e o mal coexistem. Há somente uma diferença de tempo. Portanto, aceitem tudo como um presente de Deus. Quando deparamos com o mal, expressamos desgosto e afirmamos: “Eu não quero isto!” Não façam isso. Existe bem até mesmo no mal. Há o bem no mal e o mal no bem. O bem e o mal são como o verso e o reverso da mesma moeda. Somente o tempo em que ocorrem é que é diferente.

Suponhamos que comeram uma boa e saborosa refeição, constituída de doces, pães, etc., à noite. Amanhã de manhã será excretada. O bom alimento transformou-se em mau material. Portanto, o bem e o mal acontecem em momentos diferentes, não ao mesmo tempo.

O que devemos fazer nos dias atuais é rezar constantemente a Deus. Se puderem desenvolver a fé em seu próprio ser, tudo virá ao seu encontro. Se não tiverem essa fé, toda a sua riqueza e prosperidade serão um mero desperdício. Nós desejamos posses mundanas com presunção e arrogância, mas isso não nos leva a nada. Certamente, nos colocará em risco um dia ou outro. Portanto, conduzam-se sempre com humildade e fé em Deus, pensando, “Tudo isso é dádiva de Deus, Deus é o provedor de todas as coisas”.

Onde está Deus? Essa é uma pergunta que os céticos fazem com frequência. Deus está em você, com você, acima de você, abaixo de você e em torno de você. Ele é seu Hridayavasi (o Habitante interno do seu coração). O seu Atma não é outro, senão verdadeiramente Deus. Portanto, não precisam procurar Deus em outro lugar.

Vocês repetem os nomes de Rama e Krishna, assim identificando a Divindade com um nome e uma forma particular. Aquilo que está além do corpo, aquilo que está além do nome é a verdadeira Divindade. A Divindade não tem nada a ver com o corpo físico. O corpo físico pode subsistir somente por um período limitado. Ele sofre mudanças constantes.

Na época do nascimento, vocês o chamam de “criança”. À medida que cresce, o chamam de “rapaz”. Depois de algum tempo, o chamam de “homem”. Depois disso, quando ele envelhece, o chamam de “vovô”. A criança, o rapaz, o homem e o vovô são um só.

Ainda que Deus tenha vindo em forma humana e esteja atuando agora como ser humano, nunca se esqueçam de compreendê-lo como Deus. Posto que estamos em formas humanas, vamos conhecer Deus em forma humana. Desprovidos de seus corpos físicos, vocês nunca compreenderão Deus. Portanto, terão de compreender Deus, unicamente em forma humana.

As pessoas desenvolvem a arrogância com base em suas capacidades físicas e intelectuais, riquezas e prosperidade. Também é comum ver o ego mostrando a sua cabeça nas posições de poder. Tudo isso desaparece com o tempo. Até mesmo o seu corpo perecerá.

Infelizmente, hoje em dia, as pessoas consideram as efêmeras posses mundanas como permanentes, ignorando as coisas realmente duradouras. Portanto, compreendam a verdadeira natureza do Atma Tathwa.

As pessoas afluem a este lugar, aos milhares e milhões, para ter o darshan (bênção) deste corpo físico. A coisa mais importante a compreender é que o corpo físico aponta para a Divindade eterna. A Divindade está além do corpo. Portanto, não tratem o corpo físico como permanente. Contudo, mantenham a saúde do corpo físico enquanto viverem. Não o negligenciem, pensando que está fadado a perecer cedo ou tarde. Cuidem do bem-estar do corpo até a última respiração. Não se preocupem com o que acontecerá a ele depois.


Encarnações do Amor Divino!

Vocês não precisam sair em busca do Atma. Ele é onipresente – está atrás de vocês, com vocês, em torno de vocês e sobre vocês. As pessoas que não mantêm a sua fé nessa consciência Átmica onipresente desejam coisas efêmeras. Portanto, em primeiro lugar, vocês devem indagar o que é permanente e o que não é. Perguntem-se, “Quem sou eu?”. A resposta é “Eu sou um ser humano”.

Se vocês se consideram um ser humano, deverão ter qualidades humanas. Um animal como um boi ou um búfalo lavra a terra, come capim e faz trabalhos pesados no campo. Da mesma forma, a natureza de um animal selvagem é lançar-se sobre as presas e causar-lhes dano, inclusive, matar. Nós não somos animais ou feras. Somos seres humanos.

Portanto, devemos cultivar qualidades humanas. Quais são elas? Verdade, Paz, Amor e Não-Violência. Para desenvolver a qualidade da Não-Violência, vocês deverão primeiro, cultivar o amor. Onde há amor, haverá Não-Violência. Da mesma forma, Amor, Paz e Verdade, são interdependentes. Quando o Amor e a Verdade andam juntos, o resultado é a Paz. A Verdade é uma qualidade divina inata.

Isso não é conhecimento livresco, isso é manifestação do Ser interno. Não há ser humano neste mundo em quem a verdade não esteja presente. Entretanto, as pessoas ocultam essa verdade e fazem-na parecer mentira. Lamentavelmente, hoje em dia, estamos mais interessados na falsidade do que na verdade.

Vocês podem ter assistido a vários dramas e pequenas peças teatrais sobre o tema do amor. Rama, Krishna, Sita e Radha são todos personagens mitológicos. Rama e Sita, Krishna e Radha são exemplos brilhantes de Prema Tathwa (Princípio do Amor). Portanto, eles são conhecidos como Sitaramulu e Radhakrishnulu.

Ravana, o rei demônio, confinou Sita em Lanka por dez meses. Amiúde, ele tentava convencê-la a tornar-se a sua rainha. Entretanto, ela, definitivamente, se recusou a submeter-se às suas investidas, dizendo, “Você, de forma alguma, se compara a Rama, a encarnação da Verdade e da Retidão”. Ela nem sequer olhou para o rosto dele. Ela arrancou uma folha de grama e jogou-a ao chão dizendo: “você é como esta folha de grama, a sua força e o seu poder não podem comparar-se aos de Rama”. Assim era a sua profunda fé em Rama.

As pessoas devem desenvolver essa profunda fé na Divindade. Há vários terroristas operando em diversas partes do mundo. Mas nenhum deles pode causar qualquer dano a vocês, se desenvolverem a fé e o amor a Deus. Deus está em toda a parte. Depositem uma fé inabalável nessa onipresença de Deus. Uma grande quantidade de bombas não pode lhes causar o menor dano ao corpo. Deus está em vocês, com vocês, ao seu redor, abaixo e acima de vocês.

Infelizmente, as pessoas depositam mais confiança em medidas temporárias e paliativas, que são como “balas de hortelã”, do que desenvolver uma profunda fé na Divindade onipotente e onipresente. Não tomem a Divindade inconsequentemente. A Divindade é o único comandante do universo inteiro. Tenham fé nesse Comandante. Chamem-no por qualquer nome - Rama, Krishna, Jesus, Allah. Deus é apenas um. Ekam sath viprah bahudha vadanti (A verdade é uma, mas os sábios referem-se a ela por vários nomes).

Coloquem um único dígito, o 1, e uma grande quantidade de zeros depois, e o valor desse número crescerá a passos largos. Mas, removam o 1 e o valor do número voltará ao zero, mesmo que coloquem uma centena de zeros, um após o outro. Deus é único Herói, enquanto todos os outros são zeros. Portanto, coloquem sempre Deus em primeiro plano. Se contemplarem em Deus, o verdadeiro Herói, vocês alcançarão a vitória em todos os campos.

As supostas bombas e outros poderes não podem causar-lhes qualquer dano. O poder humano não é comparável a qualquer outro poder. No final das contas, quem fez a bomba? Apenas o ser humano. Então, quem é grande? É quem fez a bomba ou a própria bomba? Sem dúvida, o ser humano é grande. O ser humano deve compreender a sua força e grandeza inatas.

A Vedanta (Filosofia) exorta o ser humano a compreender a sua verdadeira natureza, através do processo de investigação interior. Se vocês perguntarem a si mesmos: “Quem sou eu?” segue-se a resposta: Aham Brahmasmi (Eu sou Brahma). Lembrem-se constantemente: “Eu não sou um ser humano, na realidade, eu sou Deus”.

No que diz respeito ao corpo físico, vocês são seres humanos. Quando Deus está com vocês, em vocês, em torno de vocês, por que deveriam ter medo das bombas feitas pelo homem? Desenvolvam autoconfiança. Desenvolvam fé no Atma Tathwa. O Ser em você é o Ser Supremo. Quando esse Ser Supremo está presente em seu corpo, por que temer qualquer pessoa? Mesmo que o corpo se torne frágil, o poder do Ser Supremo os dirige para seguir em frente. Ele os auxiliará.

Portanto, que todas as pessoas meditem em Deus, incessantemente!

Não se confundam com os nomes. Vocês podem contemplar em qualquer nome. Muitas variedades de doces são preparadas com açúcar, que é o ingrediente básico. Vocês poderão comer qualquer doce de sua escolha. Mas todos eles têm apenas o sabor doce.

Tudo é Deus. Não tenham qualquer dúvida a esse respeito. Dúvidas criam confusão em vocês. Se um ser humano está vivendo a vida de um verdadeiro ser humano, todas as dúvidas devem ser removidas. Quanto antes melhor, pois enquanto persistirem, as dúvidas atuarão como um veneno lento. Desenvolvam fé em si mesmos. Isso se chama autoconfiança. Caso possuam somente essa fé, ninguém poderá causar-lhes qualquer dano. Mesmo as bombas não podem causar-lhes qualquer dano. Atualmente, muitas pessoas desenvolveram um estranho complexo de medo de que essa área seja atacada com bombas etc. Não precisamos abrigar esse tipo de temor.


Encarnações do Amor Divino!

Vocês todos se reuniram aqui com grande devoção, amor e fé. Mantenham esse sentimento de amor. Lembrem-se continuamente, “Eu sou Deus! Eu sou Deus!” com um sentimento de amor por Deus. Se alguém lhes perguntar o seu nome, não respondam: “Eu sou fulano de tal”; em vez disso, respondam: “ Eu sou Deus”. Não somente Eu, vocês também são Deus! Todos são Deus. Desenvolvam essa confiança.

(Bhagavan cantou dois bhajans: “Prema mudita manase kaho...” e “Hari bhajan bina”, e depois continuou o Seu Discurso).

Vocês todos dizem, “Eu quero paz, eu quero paz, eu quero felicidade”. Onde está essa paz e essa felicidade? Elas estão disponíveis somente em Hari bhajana (cantando a glória de Deus). Vocês terão paz e felicidade, somente por cantar a glória do Divino Nome. Elas não podem ser obtidas em nenhuma loja. Hari bhajana bina sukha santhi nahin... Paz e felicidade terão de brotar do âmago de seus próprios corações. Se quiserem ter paz, felicidade e bem-aventurança contemplem no Divino Nome em seus corações. Sejam Felizes.


Nota

1 - No original, em inglês, Swami faz um jogo de palavras entre “peace” (paz) e “piece” (pedaços) que, embora tenham significados diferentes, são pronunciadas da mesma forma. O similar em português pode ser paz e pás.



Tradução e revisão da Coordenação de Publicação
Conselho Central do Brasil



Índice dos Discursos

Setor sendo ampliado


Fonte

Organização Sri Sathya Sai do Brasil.
https://www.sathyasai.org.br


Agradecimento

Muito grato à equipe do site da Organização Sri Sathya Sai do Brasil, por ter atendido dois pedidos meus, via mensagens de e-mail, em agosto de 2007: o primeiro deles para utilizar os materiais do seu site; e o outro me consentindo a conversão dos PDFs com os discursos para páginas HTML, para uso neste site.



Buscar no Site

Home