Histórias Infantis Baseadas nos Ensinamentos de Buda



Página 5


O Pássaro de Duas Cabeças e a Cauda e a Cabeça da Cobra
(Sutra Samyuktaratnapitaka)


Era uma vez um pássaro de duas cabeças que vivia no Himalaia. Certo dia, uma das cabeças, vendo a outra comer uma doce fruta e sentindo-se enciumada, disse a si mesma: "Agora vou comer uma fruta venenosa".

Assim, comendo o veneno, o pássaro inteiro morreu.

Certa vez, a cauda e a cabeça de uma cobra discutiam para ver quem deveria tomar a dianteira.

A cauda disse à cabeça: "Você sempre está tomanda as rédeas; isto não é justo, você deve me deixar, às vezes, conduzir."

A cabeça respondeu à cauda: "É lei da nossa natureza que eu seja a cabeça; não posso trocar de lugar com você."

A briguinha continuava e, um dia, o rabo se fixou numa árvore, impedindo assim que a cabeça prosseguisse.

Quando a cabeça se cansou da luta, o rabo seguiu o seu caminho. Como resultado, a cobra caiu numa cova de fogo e morreu.

No mundo da natureza, sempre existe uma ordem adequada e cada coisa tem a sua própria função. Se essa ordem for perturbada, o funcionamento será interrompido e todo o conjunto desmoronará.

Preciosa Colaboração de Márcio Barros - RJ.


A Harpa Afinada e o Bom-Senso na Vida
(Sutra Mahaparinirvana)


Era uma vez um jovem chamado Srona, de delicada saúde, e que nascera em uma rica família. Como, seriamente ansiasse obter a iluminação, tornou-se um discípulo do Buda. Com este propósito, dedicou-se e se esforçou tanto que seus pés chegaram a sangrar.

O Buda dele se compadeceu e lhe disse : "Srona, meu jovem, você já estudou harpa ? Pois então deve saber que a harpa não produz música se suas cordas estiverem muito esticadas ou então frouxas demais. Ela produzirá música somente quando as cordas estiverem corretamente estiradas."

E o Buda continuou : "O treinamento para a iluminação é exatamente como o ajuste das cordas da harpa. Você não pode alcançar a iluminação se deixar as cordas de sua mente estiradas ou frouxas demais. Deve estar sempre atento e agir sabiamente."

Tirando grande proveito destas palavras, Srona alcançou aquilo que procurava.

Preciosa Colaboração de Marcio Barros - RJ.


Próxima (6) | Índice | Anterior (4)


Nota deste Site

Estas histórias são textos educativos infantis com ensinamentos budistas, salutares como aulas ou lições de vida para todas as idades. O moral de cada história serve como exemplo que pode influenciar na escolha de atitudes e decisões corretas, lapidando o caráter e a conduta.

Depois de cuidadosa análise procedi algumas mudanças nesta área do site: renomeei o título principal, que era Parábolas Budistas, para Histórias Infantis Baseadas nos Ensinamentos de Buda. Também reorganizei a distribuição das histórias e adaptei os textos para o Novo Acordo Ortográfico. O site todo, que é educativo, sempre busca apresentar o português correto e atual em todas as páginas, sem palavrões nem gírias chulas. E o mesmo em relação às páginas em inglês.

A disposição atual das histórias infantis no índice das páginas é um pouco diferente da anterior, por isso algumas das histórias mudaram de página e o número total delas passou de 48 para 50.


Fonte

www.maisbelashistoriasbudistas.com
As Mais Belas Histórias Budistas, página criada por Sandro Neto Ribeiro, a quem muito agradeço pela oportunidade de aqui compartilhar valiosos materiais do seu interessante site. Com meus votos a ele de muito sucesso e felicidade.



Buscar no Site


Home